Investigadora
Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV,I.P.)

Atividade científica na área de Física do Solo, na determinação das propriedades hidráulicas do solo e na modelação da dinâmica da água e transporte de solutos no solo, para o planeamento da rega em função da qualidade e da quantidade da água aplicada. Desenvolveu funções de pedo-transferência para as propriedades hidráulicas e para os parâmetros de transporte de solutos, que permitem a determinação indireta daqueles elementos através de propriedades do solo mais fáceis de obter. Dedicou-se ainda ao estudo da proteção do solo contra a erosão e a salinização, de modo a minimizar o processo de desertificação. Com os resultados analíticos obtidos nos vários estudos tem vindo a construiu uma base de dados das propriedades do solo (INFOSOLO), tendo participado na construção de bases de dados de solos europeias (HYPRES e EU-HYDI). Como suporte às suas atividades colaborou em 39 projectos de investigação, sendo 19 da sua responsabilidade/responsabilidade do INIAV. É autora ou co-autora de cerca de 150 trabalhos escritos, incluindo artigos em revistas de circulação internacional (30) e nacional (44), capítulos de livro (7), atas de congressos internacionais (28) e nacionais (26), com arbitragem científica.

“O papel dos SIG no INIAV, o seu contributo para um futuro mais sustentável – Exemplos de dois casos de estudo: “WebSIG da base de dados de perfis de solos de Portugal” e “Rede de Vigilância Ativa para Vespa velutina em Portugal”

SIG: Criar um Futuro Sustentável | 14h50


O Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I. P. (INIAV) é o Laboratório de Estado, da área de competências da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, que desenvolve atividades de investigação nas áreas agronómica e veterinária.

O INIAV foi criado em 2012, ficando com as atribuições relacionadas com a investigação agrária (do L-INIA) e veterinária (do L-LNIV) do antigo Instituto Nacional dos Recursos Biológicos I.P. (INRB), tendo as atribuições deste relativas às áreas das pescas e da aquicultura sido incorporadas no Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I. P. (IPMA).

Nos últimos anos o INIAV tem vindo a apostar cada vez mais na Modernização e na Inovação, o que o leva a uma procura incessante de novas tecnologias e metodologias que permitam enriquecer os seus estudos e análises em diversas áreas técnicas com incidência no Território.

Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) fazem parte da transformação digital, disponibilizam poderosas ferramentas para o estudo de fenómenos tendo em conta a sua dispersão temporal e espacial.

É importante as instituições fazerem uma análise do estado da arte do papel dos SIG na sua organização, bem como, projetarem aquilo que poderá vir a ser o seu contributo para um futuro mais sustentável.